quarta-feira, 16 de março de 2016

Cativada por "nós"

Você sabe, não sou boa para me expressar, tento evitar palavras que imploram para sair e as deixo por aqui ou em algum lugar aqui dentro de mim. A questão é que ultimamente minhas palavras têm tomado um rumo diferente, elas permanecem no centro do meu peito, onde todo mundo insiste em dizer que é o coração. Que seja! Elas ficam por ali, e não mais levam "eu" como contexto e sim, "nós". Acreditava ter como motivo o fato de pela primeira vez eu fazer parte de um "nós", porém, descobri que é bem mais que isso, é estar finalmente adaptada com esse "nós". E que nos prendamos a nós cada vez mais fortes, difíceis de desatar e imponentes, porque quero cada vez mais nós em nós.

Já ouvi de tantas pessoas que não dará certo, que com o tempo essa nossa distância semanal irá cansar, que minha ausência pela arte irá incomodá-lo e que de alguma forma cada vez ficará mais difícil tê-lo por perto. E não ligo para o que dizem. Afinal, agora tenho uma inspiração para os fins de semana, e durante a semana, quero continuar pensando em você o tempo todo, ansiando vê-lo para ouvir sobre seu dia sufocante na empresa ou sobre alguma música sertaneja nova que cantaram até te tirar do sério. Quero encontrá-lo após minha rotina maluca de dança para ganhar aquele beijo que só você sabe dar, que compensa qualquer deslize anterior, quero aquele acompanhamento de orgulho e vergonha aparente quando faço algo constrangedor na presença de outras pessoas, quero passar os domingos te incomodando enquanto tenta montar o bendito quebra-cabeças. Pela primeira vez, quero fazer planos para nós, podem ser como os seus de não-sei-quantos-prazos, ou podem ser os do fim de semana, quero planejar cada minuto ao seu lado considerando que aproveitaremos o mesmo de qualquer forma. Quero continuar ao seu lado, e o mais importante, quero superar qualquer coisa com você. Quero cada vez mais nós.
Postar um comentário