domingo, 29 de novembro de 2015

Se apaixone sem querer

O melhor modo de se apaixonar, é aquele em que caímos em tentação após toda a experimentação ensaiada, após todos os clichês e todas as postulações sem intimidade necessária. Isto é, se apaixone por acaso, porque o acaso é lindo, cativante! Não busque estórias para roteirizar, sequer personagens de filmes onde tudo é programado e as ações jamais passam do limite do ocasional. Busque ser pega de surpresa, busque aprender sobre a pessoa na qual você pretende se encaixar, aprenda a se apegar em suas manias e seus modos, aprenda a conhecê-lo como se não soubesse o que o futuro trará a vocês.
Descubra tudo sobre ele, mas o "tudo" de dentro, como a música que tira suas palavras, o motivo de sempre ouvir determinado cantor em dias cinzas, quem faz com que ele se sinta seguro, suas histórias mais bizarras, seus amores mais intensos, o motivo de sempre ouvir música clássica quando pensa em sua mãe, e o mais importante, descubra se o que falta nos seus conceitos se preenchem nas definições dele. Se deixe ficar boba enquanto ele a olha prender os cabelos, se perca em seu olhar após beijos demorados e rascunhados de carinho, se deixe refazer o contorno de seus lábios antes de dormir, não se contenha nos sorrisos toda em vez que ele te abraça após uma piadinha de mal gosto, não tenha medo de atravessar noites e horas em meio a uma dança guiadas por suas mãos que acalentam a turbulência emocional, se deixe pensar nele durante o dia. Guarde brincadeiras para ele, planeje ser pega de surpresa, planeje surpreendê-lo, solte os suspiros enforcados, sorria com os olhos com suas saudações, forneça suas melhores caretas, solte suas mais espontâneas gargalhadas... E assuma logo que aquele sorriso caloroso enquanto ele cumprimenta os amigos, é lindo, por sinal.
Não se prive de se apaixonar, de se deixar levar por alguém que trouxe cor, assunto e acesso a seus dias. Não se prive de contar sobre suas ideologias de infância, sobre suas crises de asma quando se assustava ou sobre aquela amiga na qual você deposita toda sua fé. Permita-se amar e conhecer. Compartilhe seus filmes mais piegas, suas músicas mais melosas e suas tardes mais vazias, Faça com que a prosa da manhã se torne poesia  da noite, quando os lençóis forem testemunha de sua aceitação, que as meias se tornem o silêncio de quando andar na ponta dos pés ao acordar com ele e que seu sorriso, sutilmente, retrate amor.

Postar um comentário