quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Seja a mulher que ele não espera.

Então você resolveu aventurar-se com uma pessoa totalmente oposta à você? Ótimo! Portanto, aponte para a fé e reme, sem medo, sem receio de ele não gostar de você ou de sentir-se incomodado em sua presença. Nada disso.
Não se apegue a conceitos arcaicos ou se deixe levar por sua consciência pesada. Deixe que a excitação te pegue desprevenida e não pensa, faça com que a insanidade te traga boas, aliás, ótimas lembranças. Abandone os clichês de "Não serei eu perto dele", isso é absurdo! Se entregue de corpo e alma para o bad boy que te olha com certa empolgação implícita. Não se contenha quando sua música tocar, não tenha medo de abrir seu sorriso mais sincero, sequer de gargalhar de uma piada forçada que ele fizer, aceite aquele whisky envelhecido que ele lhe oferecer direto da boca da garrafa e demonstre diversão quanto ao espanto que o cercará. Pois garanto à você que isso ocorrerá. 
Não espere ele chamá-la para dançar, faça-o. desafie-o, revele suas teorias sem sentido, conte sobre suas músicas melosas dos anos oitenta e de seus hobbies e coleções não-usuais.  E se há algo que você deve se desprender durante tais momentos é a relação com planos, não os faça, jamais! Deixe-se levar pelo interesse, faça com que você se surpreenda, antes de surpreendê-lo. Seja o mais espontânea o possível, não pense em encantá-lo, mas em se encantar.

E sem que note, você será o erro mais correto que ele já cometeu.

Postar um comentário